googleads

06 maio 2017

Infecção renal (pielonefrite):

A pielonefrite é uma infecção bacteriana de um ou de ambos os rins.
  • A infecção pode espalhar-se do trato urinário para os rins ou os rins podem ser infectados através das bactérias na corrente sanguínea.
  • Calafrios, febre, dor nas costas, náusea e vômito podem ocorrer.
  • A urina e, algumas vezes, os exames de sangue são feitos para diagnosticar a pielonefrite.
  • Antibióticos são usados para tratar a infecção.


Causas



A pielonefrite é mais frequente nas mulheres do que nos homens. Escherichia coli, um tipo de bactérias normalmente no intestino grosso, causa cerca de 90% dos casos de pielonefrite entre as pessoas que não estão internadas ou morando em uma casa de repouso. Geralmente, as infecções vão da área genital até a bexiga através da uretra e em seguida pelos ureteres até os rins. Em uma pessoa com o trato urinário saudável, uma infecção é normalmente evitada com o movimento dos ureteres em direção aos rins pelo fluxo de urina que leva os organismos para fora e pelo fechamento dos ureteres na entrada para a bexiga. No entanto, qualquer obstrução física que impeça a passagem do fluxo da urina, como cálculo renal, dilatação da próstata ou retorno (refluxo) da urina a partir da bexiga até os ureteres, aumenta a probabilidade de ocorrer pielonefrite. O risco de pielonefrite é aumentado durante a gravidez. 

As infecções podem igualmente chegar aos rins, vindas de outra parte do corpo através da corrente sanguínea. O risco e a gravidade da pielonefrite são aumentados nas pessoas com diabetes ou um sistema imune enfraquecido (que reduz a capacidade do organismo de combater a infecção). A pielonefrite é normalmente causada por bactérias, mas raramente por tuberculose, infecções fúngicas e vírus.

Algumas pessoas desenvolvem infecções de longa duração (pielonefrite crônica). Quase todas elas têm anormalidades importantes subjacentes, como uma obstrução do trato urinário, cálculos renais grandes que persistem ou, mais comumente, refluxo da urina da bexiga e para os ureteres (que ocorre com mais frequência em crianças pequenas). A pielonefrite crônica pode fazer as bactérias serem liberadas na corrente sanguínea, às vezes resultando em infecções no rim oposto ou em outra parte do corpo.                     Em certos casos, a pielonefrite crônica pode lesionar gravemente os rins.


(Créditos: http://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/doen%C3%A7as-dos-rins-e-das-vias-urin%C3%A1rias/infec%C3%A7%C3%B5es-do-trato-urin%C3%A1rio-itus/infec%C3%A7%C3%A3o-renal-pielonefrite ).

Nenhum comentário: