googleads

06 maio 2017

Infecção renal (pielonefrite), prevenção e tratamento.

Prevenção e tratamento

Deve-se iniciar a administração de antibióticos assim que o médico suspeitar da existência de pielonefrite e assim que tenham sido coletadas amostras para exames laboratoriais.

O tratamento com antibióticos de pielonefrite é feito por 14 dias, de forma que a infecção não recorrerá. Entretanto, a terapia com antibiótico pode continuar por até seis semanas para os homens com infecção devida à prostatite, que é mais difícil de se erradicar.

Pode ser necessária uma cirurgia se os exames revelarem uma predisposição, como uma obstrução, uma anormalidade estrutural ou um cálculo. A remoção cirúrgica do rim infectado é normalmente necessária para as pessoas com pielonefrite xantogranulomatosa porque as infecções repetidas são possíveis. A remoção do rim infectado também pode ser necessária para as pessoas com pielonefrite crônica que estão prestes a passar por um transplante renal. A disseminação da infecção para o rim transplantado é particularmente arriscada porque a pessoa toma medicamentos imunossupressores, que evitam a rejeição do rim transplantado, mas também enfraquecem a capacidade do corpo de combater a infecção.
As pessoas que sofrem de episódios frequentes de pielonefrite, ou cuja infecção reaparece depois de terminar o tratamento com antibióticos, são aconselhadas a tomar uma pequena dose de antibióticos todos os dias como prevenção. A duração ideal dessa terapia de prevenção não é conhecida, mas frequentemente é interrompida após um ano. Se a infecção retornar, a terapia preventiva pode ser continuada indefinidamente. 


(Créditos: http://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/doen%C3%A7as-dos-rins-e-das-vias-urin%C3%A1rias/infec%C3%A7%C3%B5es-do-trato-urin%C3%A1rio-itus/infec%C3%A7%C3%A3o-renal-pielonefrite )

Nenhum comentário: